Sábado , Julho 20 2024
ÚLTIMAS
Home / RALI / TOYOTA GAZOO Racing Iberian Cup 2024: Arranque em Fafe para uma temporada repleta de novidades
TOYOTA GAZOO Racing Iberian Cup 2024: Arranque em Fafe para uma temporada repleta de novidades

TOYOTA GAZOO Racing Iberian Cup 2024: Arranque em Fafe para uma temporada repleta de novidades

Spread the love

Troféu monomarca organizado pela Toyota Caetano Portugal, Toyota Espanha e MSI regista 10 inscritos na jornada de abertura

– Novo calendário da TOYOTA GAZOO Racing Iberian Cup inclui cinco provas inéditas e um aumento significativo do volume de prémios, com o vencedor final a ganhar direito a participar num rali em 2025 com o Toyota GR Yaris Rally2

– Bruno Bulacia e Javier Villa, três dos seis repetentes na competição dos Toyota GR Yaris RZ Cup de tração integral partem como principais candidatos à vitória 

20 de fevereiro de 2023 – Uma dezena de equipas estará, este próximo fim de semana (22 a 24 de fevereiro), no arranque da terceira edição da TOYOTA GAZOO Racing Iberian Cup (TGRIC), um dos mais espetaculares troféus monomarca de ralis da atualidade, que volta a ter como cenário de abertura as classificativas em piso de terra do Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e Cabeceiras de Basto, na região norte de Portugal. 

Depois do elevado nível competitivo evidenciado na época anterior, em que a decisão do título na competição organizada pela Toyota Espanha, Toyota Caetano Portugal e MSI esteve em aberto até à última das oito provas, esperam-se este ano novos e animados momentos de pura emoção. 

Entre as novidades relevantes de 2024, destacam-se o aumento significativo dos prémios a distribuir – 27.500 euros em cada rali a que acrescem mais 64.000 euros para repartir pelos três primeiros classificados da geral no fim da época –, e ainda uma “prenda” especial destinada ao vencedor: a participação, em 2025, num rali aos comandos do Toyota GR Yaris Rally2 com que a Toyota Gazoo Racing Spain alinhará no Super-Campeonato de Espanha. O calendário de provas mantém o mesmo número (oito), repartidas a 50 por cento entre Portugal e Espanha, mas há nada menos que cinco estreias: Sierra Morena, Rias Baixas, Villa de Llanes, Catalunha-Costa Dourada e Murça, mantendo-se, para além de Fafe, os ralis Terras D’Aboboreira e ainda de Lisboa. Outro fator a destacar é a particularidade de em 2024 todas as provas espanholas da TGRIC fazerem parte do calendário do Super-Campeonato de Espanha de Ralis, o que tornará cada jornada ainda mais aliciante para os participantes. E na última prova, Murça, surge outra novidade: o coeficiente da pontuação será de 1,5, significando que tanto os pontos atribuídos no final do rali como os creditados aos vencedores nas classificativas têm um valor especial, algo que pode deixar aberta a classificação do troféu até aos derradeiros quilómetros da época.

Há dez equipas inscritas com os espetaculares Toyota GR Yaris RZ Cup para este arranque de temporada um pouco mais cedo que o habitual, mas tudo indica que esse número irá crescer a partir, inclusive, da segunda prova e primeira em piso de asfalto (Rali Sierra Morena). O boliviano Bruno Bulacia (CSM Automoció) e o asturiano Javi Villa (Asturhíbrido) destacam-se entre os seis pilotos que vão repetir a sua participação, depois de na época anterior terem concluído esta competição, respetivamente, no terceiro e no quinto lugares finais, sendo que o primeiro até somou duas vitórias, Rali Terras D’Aboboreira e Rally Ciudad de Pozoblanco, afirmando-se como um dos protagonistas do troféu. Villa, várias vezes campeão de montanha, não deixou, por seu turno, de surpreender pela sua rápida adaptação a outra realidade, deixando boas indicações para o futuro. Ricardo Costa (Macedo & Macedo GTW Racing), 6º clasificado em 2023, Pedro Lago Vieira (Toyota Caetano Auto), 7º, José Mulero (Labasa), 8º, e Miguel Campos (Macedo & Macedo GTW Racing), 11º, completam o grupo de pilotos que voltam a apostar na TOYOTA GAZOO Racing Iberian Cup.

Os espanhóis Josep Bassas (Mavisa), Carlos Rodriguez (Grupo Breogán)) e José Lamela (Grupo Breogán) e o português Manuel Martins figuram entre os estreantes na TOYOTA GAZOO Racing Iberian Cup, sendo que o primeiro poderá, fase à sua experiência, vir a ser um dos animadores do troféu.

O Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e Cabeceiras de Basto tem início na tarde de sexta-feira, com dois troços cronometrados (21,17 km) na região de Boticas, para se concluir a jornada com a super-especial (1,2 km) noturna no centro da cidade de Fafe. No sábado, durante todo o dia, os pilotos têm pela frente uma passagem dupla por quatro classificativas (87,54 km), estando o final agendado para as 17h32 (hora continental portuguesa).

&nbsp

MEDIA4RACE TV

Scroll To Top