Sábado , Julho 13 2024
ÚLTIMAS
Home / RALI / Rally de Cantanhede / Marquês de Marialva apresentado
Rally de Cantanhede / Marquês de Marialva apresentado

Rally de Cantanhede / Marquês de Marialva apresentado

Spread the love

Cidade de Cantanhede na alta roda dos ralis

A prova do Clube Automóvel do Centro realiza-se a 18 e 19 de novembro e promete muitas emoções aos adeptos da modalidade, a disputar nas especiais de Lemede, Covões, Olhos da Fervença e, naturalmente, a “super-especial” de Cantanhede.

Foi ontem apresentado o Rally de Cantanhede / Marquês de Marialva, prova pontuável para o Campeonato Start Centro de Ralis, Campeonato Promo Centro de Ralis, Taça dos Campeões Regionais de Ralis – Claudino Romeiro e Rali Extra. O programa da prova do Clube Automóvel do Algarve, em estreita parceria com o Município de Cantanhede, é composto por um total de 216 km, 80,79 disputados ao cronómetro, ao longo de nove especiais de classificação.

No sábado, dia 18, está agenda a dupla passagem por Lemede – Rota da Vinha e do Vinho, na distância de 11,95 km (15h03 e 16h33). Ao início da noite, estão reservados os 2,20 km da super-especial de Cantanhede (19h58).

Para domingo, dia 19, disputam-se mais seis especiais de classificação, com tripla passagem por Covões – Rota do Leitão, com 10,01 km (9h30, 11h19 e 14h13) e Olhos de Fervença – Rota da Água, com 8,22 km (9h56, 12h02 e 14h56).

As instalações dos Bombeiros Voluntários de Cantanhede foi o local escolhido para a base operacional da prova, com as verificações administrativas e técnicas, secretariado e sala de imprensa. Já o parque fechado será na Praça Marquês de Marialva e o parque de assistência na Feira de Cantanhede.

Com entrada gratuita, são dois locais ideais para os adeptos contactarem com os pilotos e as equipas e verem de perto as máquinas do Rally de Cantanhede – Marquês de Marialva. O Qualifying terá lugar às 10h00 na Cordinha – trata-se dos últimos 4 km da especial de Lemede, com uma passagem de reconhecimento e a outra para definir a ordem de partida para a Taça dos Campeões Regionais de Ralis – Claudino Romeiro.

A consagração dos pilotos e equipas está marcada para a Praça Marquês de Marialva, junto do Município de Cantanhede, onde são esperados milhares de adeptos dos ralis e para a festa da cerimónia de pódio.

Na apresentação da prova, Helena Teodósio, presidente da Câmara Municipal de Cantanhede, congratulou-se pelo seu território receber tão distinta prova, sublinhando que o Rally de Cantanhede – Marquês de Marialva «coloca o nosso concelho no roteiro das competições automobilísticas, deixando antever os benefícios da assinalável projeção mediática que normalmente resultam de eventos desportivos desta natureza».

De acordo com a autarca, «trata-se de um espetáculo singular que mobiliza milhares de entusiastas de toda a região e do país, pelo que é previsível que, nos dias 18 e 19 de novembro, o nosso território venha a registar uma grande afluência de público que gosta de apreciar a perícia dos pilotos em contexto competitivo».

Helena Teodósio afirmou que «foi por esse motivo que a Câmara Municipal decidiu apoiar a realização desta prova que, conforme anunciou a organização, tem troços muito bonitos e variados, em função das características dos locais onde se vão disputar as etapas».

«É mais uma aposta que se insere na estratégia de marketing territorial que a autarquia está a desenvolver no sentido de acentuar a visibilidade do Município e dos seus principais ativos económicos e turísticos, passando naturalmente pelo reforço dos fatores propícios para o crescimento e a prosperidade», sustentou a presidente da Câmara Municipal de Cantanhede.

RALI DE CANTANHEDE PRIVILEGIA QUASE TODO O CONCELHO

Por seu turno, João Miranda, presidente do Clube Automóvel do Centro, começou por agradecer «a todos quantos de alguma forma contribuíram para a concretização do Rali de Cantanhede – Marquês de Marialva», ressalvando que «só com a dedicação e empenho de todos é possível organizar esta prova».

«Este rali tinha um pressuposto, ou seja, que percorresse o mais possível todo o concelho de Cantanhede. Depois de muita procura e levantamento de estradas, este foi o desenho final. Sendo uma estreia neste concelho, os desafios foram muitos e continuarão a ser até ao final do rali», acrescentou o timoneiro do Clube Automóvel do Centro.

Atendendo a esse fator, João Miranda apelou ao envolvimento de todos «para que o resultado final seja aquele que todos ansiamos que tudo corra pelo melhor». «Temos que trabalhar em conjunto tal como estamos a fazer. A este propósito deixem-me dizer-lhes que é a primeira vez que vejo o envolvimento direto e a interação entre Câmara Municipal, Juntas de Freguesia e o Clube Automóvel do Centro», referiu João Miranda.

HELENA TEODÓSIO VAI NAVEGAR JORGE SANTOS

A presidente da Câmara Municipal de Cantanhede aceitou o convite de Jorge Santos para o acompanhar na “baquet” do lado direito da sua viatura na véspera do Rally de Cantanhede – Marquês de Marialva. Na qualidade de navegadora, Helena Teodósio terá um papel importante em ditar as simples notas ao piloto de Baltar, concelho de Paredes, acumulando mais uma história para mais tarde recordar.

Naturalmente que não espera fazer uma longa carreira no banco do lado direito de uma viatura de ralis, mas Helena Teodósio é a terceira cantanhedense a “ditar” notas a Jorge Santos, depois de Vítor Hugo e Isabel Branco que, curiosamente, vão também estar envolvidos no Rally de Cantanhede – Marquês de Marialva numa viatura de segurança.

Trata-se de um convite inesperado de Jorge Santos a que Helena Teodósio acaba por concretizar um sonho que nunca teve mas que aceitou com enorme determinação. Como faz diariamente na liderança da Câmara Municipal de Cantanhede, a autarca vai, com toda a certeza, desempenhar um papel com o maior rigor possível a fim de atingir mais um compromisso assumido com um rasgado sorriso e sem pestanejar.

&nbsp

MEDIA4RACE TV

Scroll To Top