Sábado , Julho 13 2024
ÚLTIMAS
Home / TODO-O-TERRENO / ORLANDO ROMANA: “SÃO MAIS DE 1.000 KM QUASE SEM REPETIÇÃO”
ORLANDO ROMANA: “SÃO MAIS DE 1.000 KM QUASE SEM REPETIÇÃO”

ORLANDO ROMANA: “SÃO MAIS DE 1.000 KM QUASE SEM REPETIÇÃO”

Spread the love

Envolvido na organização de provas de todo-o-terreno desde 1988, Orlando Romana realça o caráter especial do BP Ultimate Rally-Raid Portugal. O diretor do evento destaca o percurso variado, com mais de 1.000 quilómetros cronometrados, em diferentes tipos de terreno, e a preciosa colaboração das autarquias em Portugal e Espanha.

A estreia de Portugal no Campeonato do Mundo de Rally-Raid representa um enorme desafio logístico e organizativo. Contudo, a experiente equipa do Automóvel Club de Portugal conseguiu delinear um percurso de características únicas no campeonato, pela diversidade de superfícies e estradas que os concorrentes vão enfrentar, nas regiões do Alentejo, Ribatejo e Estremadura espanhola.

“Temos de tudo, desde as secções de areia no litoral alentejano, aos estradões do Ribatejo, a zonas de montanha em Mação, especiais mais rápidas do lado de Espanha, com argila e pedra. Só não temos dunas, mas acho que os pilotos que vêm de Abu Dhabi até preferem”, referiu o diretor do evento.

Cooperação fundamental

Com mais de 1.700 quilómetros de percurso e mais de 1.000 quilómetros de setores seletivos, a tarefa de preparação no terreno ao longo dos últimos meses foi exigente: “Sim, é um trabalho muito difícil. Temos de falar com os proprietários dos terrenos, pedimos autorização para passar, temos obviamente de nos responsabilizar por algumas coisas, mas aqui a ajuda das Câmaras Municipais tem sido fundamental, porque têm um conhecimento muito mais direto das regiões.”

O ACP organiza dois dos três eventos de Campeonatos do Mundo FIA que se realizam em Portugal: o Vodafone Rally de Portugal (WRC) e o BP Ultimate Rally-Raid Portugal (W2RC). “É difícil comparar os dois, são organizações distintas, apesar da equipa e a estrutura do ACP serem semelhantes. Esta é uma prova muito específica, temos de falar com muita gente, são mais de 1.000 quilómetros cronometrados, mais de 1.700 quilómetros de road book. Um road book novo, porque destes 1.000 quilómetros cronometrados quase não há repetição, ou seja, os pilotos não passam duas vezes pelo mesmo local, com exceção do percurso do Prólogo em Grândola. A esse nível, é muito mais difícil de fazer”, revelou Orlando Romana.

&nbsp

MEDIA4RACE TV

Scroll To Top