Sábado , Julho 13 2024
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Martin oferece vitória e liderança a Bagnaia
Martin oferece vitória e liderança a Bagnaia

Martin oferece vitória e liderança a Bagnaia

Spread the love

Bagnaia de volta ao topo, Marc Marquez luta pela P2 enquanto Martin cai da liderança
Bagnaia conquista a vitória na Alemanha e assume o controlo do Campeonato depois de Martin ter caído no final

Depois de ter feito a corrida perfeita no domingo, Francesco Bagnaia (Ducati Lenovo Team) conquistou a vitória no Liqui Moly Motorrad Grand Prix Deutschland e está agora no comando do Campeonato. O n.º 1 completou o seu 200º GP em grande estilo depois de um surpreendente P1 no Sachsenring. Entretanto, Marc Marquez (Gresini Racing MotoGP™) completou um regresso fenomenal, chegando ao segundo posto depois de se ter qualificado em P13. O #93 teve um Grande Prémio cheio de drama mas cruzou a linha de meta para conquistar um pódio histórico.

O último lugar do pódio foi para Alex Marquez (Gresini Racing MotoGP™), o que cimentou os nomes dos irmãos Marquez nos livros de história como os primeiros irmãos a partilharem um pódio da categoria rainha desde 1997. No entanto, Jorge Martin (Prima Pramac Racing) faltou na bandeira axadrezada depois do #89 ter caído da liderança a apenas 2 voltas do final.
As luzes apagaram-se e Martin fez o holeshot depois de um lançamento perfeito da linha de partida. Entretanto, Bagnaia não conseguiu igualar o seu arranque de sábado, partindo de quarto e chegando a P3 na primeira volta, antes de ultrapassar Martin e assumir a liderança uma volta mais tarde.

Foi um arranque fantástico de Franco Morbidelli (Prima Pramac Racing), que conseguiu entrar nos lugares do pódio depois de partir de P6 na grelha. O italiano foi agressivo no arranque e esteve sob pressão de Miguel Oliveira (Trackhouse Racing), que estava no seu encalço.
Martin respondeu na 7ª volta, assumindo a liderança e aumentando a diferença para o atual Campeão do Mundo. Bagnaia perdeu logo mais uma posição para Morbidelli e estava sob pressão de Alex Marquez.

Entretanto, Marc Marquez juntou-se à batalha, abrindo caminho para P6 depois de partir de 13º na grelha. O #93 teve um forte arranque e um desempenho corajoso no domingo, com o objetivo de melhorar o seu sexto lugar no Tissot Sprint. O #93 entrou rapidamente nos cinco primeiros depois de uma manobra sobre Oliveira.
Enquanto isso, Alex Marquez fez a sua jogada para os lugares do pódio, deixando o seu irmão Marc Marquez a lutar contra Morbidelli pela P4. O drama aconteceu na 22ª volta, quando o #93 e Morbidelli entraram em contacto na Curva 1, deixando Marc Marquez em sexto por pouco tempo, depois de perder parte do ecrã frontal.

Foi então a hora da redenção para o oito vezes Campeão do Mundo, passando Enea Bastianini (Ducati Lenovo Team) para quinto antes de fazer a manobra sobre Morbidelli na última curva – colocando a sua atenção no seu irmão em P3.
O Grande Prémio e o Campeonato viraram de pernas para o ar na Curva 1, a apenas duas voltas do fim, quando Martin perdeu a frente, caindo para fora da liderança. Isto deu a Bagnaia a vitória na Alemanha, tornando-se o piloto a vencer o maior número de corridas com a Ducati. Em segundo lugar na linha de meta ficou Marc Marquez, que assegurou a posição no pódio à entrada da Curva 12, completando um regresso mágico. A juntar-se a eles no pódio ficou Alex Marquez, para gáudio da Gresini Racing.

O quarto lugar foi para Bastianini, que ficou à frente de Morbidelli depois de a dupla ter tido uma batalha incrível em pista. Morbidelli ficou apenas 0,240s atrás da Besta, mas cruzou a linha de meta à frente de Oliveira em sexto. A #88 foi a melhor Aprilia no Domingo e ficou à frente de Pedro Acosta (Red Bull GASGAS Tech3), que terminou o fim de semana com alguns pontos sólidos na bagagem em sétimo e à frente de Marco Bezzecchi (Pertamina Enduro VR46 Racing Team).

Brad Binder (Red Bull KTM Factory Racing) teve um Grande Prémio cheio de ação, perdendo por pouco o P8 e terminando em nono. O último lugar entre os 10 primeiros foi para Raul Fernandez, da Trackhouse Racing, que desceu depois de ter partido de terceiro.
Agora é tempo para a pausa de verão antes do lendário Monster Energy British Grand Prix, onde veremos se Martin consegue recuperar a liderança do título. Junte-se a nós no regresso do desporto mais emocionante do mundo, a 2 de agosto.

Top 10:

1FRANCESCO BAGNAIA (DUCATI LENOVO TEAM) 
2Marc Marquez (Gresini Racing MotoGP™)+3.804
3Alex Marquez (Gresini Racing MotoGP™)+4.334
4Enea Bastianini (Ducati Lenovo Team) +5.317
5Franco Morbidelli (Prima Pramac Racing)+5.557
6Miguel Oliveira (Trackhouse Racing)+10.481
7Pedro Acosta (Red Bull GASGAS Tech3)+14.746
8Marco Bezzecchi (Pertamina Enduro VR46 Racing Team) +14.930
9Brad Binder (Red Bull KTM Factory Racing)+15.084
10Raul Fernandez (Trackhouse Racing)+16.384

&nbsp

MEDIA4RACE TV

Scroll To Top