Sábado , Julho 20 2024
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Henrique Chaves esteve na luta pela vitória nas 24 Horas de Spa
Henrique Chaves esteve na luta pela vitória nas 24 Horas de Spa

Henrique Chaves esteve na luta pela vitória nas 24 Horas de Spa

Spread the love

Henrique Chaves teve umas 24 Horas de Spa difíceis, mas conquistou um excelente quarto posto numa prova em que esteve na luta pelos lugares do pódio.

É sabido que as provas de vinte e quatro horas são de extrema exigência, tanto para os pilotos como para os carros e equipas, e a edição do centenário da mais importante corrida dedicada a automóveis de GT, a segunda etapa da Endurance Cup do GT World Challenge Europe, colocou todos à prova.

Henrique Chaves e os seus colegas de equipa, David Pittard e Ross Gunn, foram ainda mais testados, uma vez que, no início da prova, sofreram diversos toques, tendo sofrido danos no sistema de macaco hidráulico do Aston Martin Vantage GT3, assim como diversos componentes aerodinâmicos.

Isto obrigava a paragens nas boxes mais morosas e a perda de performance, mas o português e os seus colegas de equipa não baixaram os braços, assim como os mecânicos da Walkenhorst Motorsport – que repararam na medida do possível os danos no carro inglês – que continuaram na luta pela vitória, tendo passado inclusivamente pelo comando.

A noite trouxe a chuva, havendo períodos de Safety- Car, mas nenhum dos pilotos do Aston Martin número trinta e quatro cometeu qualquer erro e o dia amanheceu com eles na luta pelos lugares do pódio.

No final, o trio cruzava a linha de meta no terceiro posto, que seria um resultado de destaque numa prova tão difícil como esta, mas após a prova de vinte e quatro horas a equipa do carro trinta e quatro sofreria uma injusta penalização de dez segundos, devido a um incidente com outro carro, o que os atirou para o quarto lugar.

“Foi uma corrida muito dura! Sofremos diversos toques nas primeiras horas da corrida, danificando-nos o carro. O macaco hidráulico ficou a funcionar muito mal, para além do extractor traseiro ter ficado partido. A equipa fez um trabalho notável para colocar tudo nas melhores condições possíveis, no ‘pit-stop técnico’, e fizemos todos uma corrida de grande esforço que nos levou até terceiro na prova do centenário. Infelizmente, sofremos uma penalização por incidente que todos viram que foi o outro carro o causador do toque. Vamos protestar esta penalização, mas seja como for, este será sempre um grande resultado”, sublinhou Henrique Chaves.

O piloto de fábrica da Aston Martin Racing aponta a performance de toda a estrutura, estando seguro de que o melhor está ainda para vir. “Esta é apenas a nossa segunda corrida juntos e estamos ainda a conhecer-nos. Penso que todos nós tivemos bem ao longo desta corrida! É claro que temos sempre os nossos momentos, mas formamos um trio de pilotos rápido e consistente. A Walkenhorst Motorsport esteve muito bem estrategicamente e operacionalmente e os mecânicos foram fantásticos na forma como conseguiram recuperar o carro, que tinha muitos danos. Desta vez ficámos em quarto numa corrida muito difícil, mas estamos no bom caminho, estamos cada vez mais entrosados e vamos estar na luta por grandes resultados – pódios e vitórias”, concluiu Henrique Chaves.

A Endurance Cup do GT World Challenge Europe prossegue agora em Nurburgring nos próximos dias 26 a 28 de Julho.

&nbsp

MEDIA4RACE TV

Scroll To Top