Quinta-feira , Julho 25 2024
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Francisco Gonçalves volta a vencer em Vila Real na segunda corrida dos Super Legends
Francisco Gonçalves volta a vencer em Vila Real na segunda corrida dos Super Legends

Francisco Gonçalves volta a vencer em Vila Real na segunda corrida dos Super Legends

Spread the love

A segunda corrida do Campeonato de Portugal de Velocidade Legends disputada hoje no Circuito Internacional de Vila Real foi menos dramática que a primeira manga. O vencedor foi o mesmo, o Lotus Elise pilotado por Francisco Gonçalves, mas depois tudo foi diferente.

Após o arranque, João Paulo Sousa tentou que o seu BMW M3 se superiorizasse ao Lotus de Gonçalves, mas o piloto do carro britânico colocou a potência no chão e desapareceu rapidamente da frente do BMW. Isso não significou descanso para João Paulo Sousa que, imediatamente, começou a ser pressionado pelo Porsche Bosxter de Luís Martins. Começavam a perceber-se alguns problemas no BMW M3 (com fumo a começar a surgir) e o andamento menos efusivo começou a juntar um pelotão aguerrido onde pontificava o Honda S2000 de Miguel Mota. Este tinha saído de oitavo e chegou depressa ao quarto posto, trazendo consigo um par de Honda Civic pilotados por Estevão Oliveira, Francisco Viola e Orlando Batina.

Miguel Mota desenvencilhou-se do Porsche de Luís Martins e passou pelo BMW de João Paulo Sousa, assumindo o segundo lugar, tentando encontrar forma de se aproximar do Lotus Elise. Entretanto, o BMW de Sousa começou a fumegar mais e a perder andamento e foi passado por Luis Martins e os Honda Civic. A mecânica não quis nada com Luís Martins e Francisco Viola, ambos obrigados a abandonar a corrida.

As lutas entre Estevão Oliveira (Honda Civic Type R) e António Duarte com Francisco Viola (até ao seu abandono), entretiveram os espetadores até que o Renault Clio de António Duarte se destacou e reclamou o lugar mais baixo do pódio com a saída de cena do BMW M3 de João Paulo Sousa e do Porsche de Luís Martins. Entretanto formou-se mais um grupo com os carros de Carlos Ferreira (Honda Type R), Pedro Cerqueira (Honda Civic Type R), Hélder Teixeira (Honda Type R), Luís Nóvoa (Honda Type R) e o Mercedes SLK de Carlos Santos, que andaram muitas voltas em discussão por posição.

Entretanto, as dificuldades com as dobragens ao pelotão por parte de Francisco Gonçalves, permitiu que Miguel Mota se aproximasse, mas nunca esteve em posição de ameaçar a vitória do piloto do Lotus Elise. Por outro lado, a corrida acabaria debaixo de “Safety Car” devido a um despiste de um dos Honda Type R da Type R Legacy Cup.

Olhando às diversas categorias, Francisco Gonçalves venceu a Super Extra, confortavelmente, na frente de Miguel Mota e João Paulo Sousa. Seguiram-se Carlos Santos (Mercedes SLK), João Ricardo Vieira (BMW 320), Vicente Ferrão (VW Golf GTI) e Arlindo Beça (Mini Cooper S).

António Duarte venceu nos Super Trophy seguido de Estevão Oliveira (que venceu a Type R Legacy Cup), Orlando Batina, eNelson Gomes, todos em Honda Type R. Depois posicionaram-se Hugo Branquinho (Renault Clio), Carlos Barbosa, Joel Reis, João Saramago, Hélder Teixeira, Carlos Ferreira, João Ventura, todos em Honda Type R. Depois ficaram Telmo Nunes (Renault Clio RS), Philippe Dangauthier (Honda Type R) e Rodrigo Correia (Honda Tupe R).

Nos Super Turismo, vitória para Luís Nóvoa (Honda Civic Type R), seguido do Renault Clio de Marcos Gonçalves, o Honda Civic Type R de Pedro Cerqueira e o Honda Civic de Francisco Viola.

&nbsp

MEDIA4RACE TV

Scroll To Top