Sábado , Julho 13 2024
ÚLTIMAS
Home / MONTANHA / Eva Laranjeira: “carregar 960Kg com 139 cavalos montanha acima… é uma luta!”
Eva Laranjeira: “carregar 960Kg com 139 cavalos montanha acima… é uma luta!”

Eva Laranjeira: “carregar 960Kg com 139 cavalos montanha acima… é uma luta!”

Spread the love

A época 2023 de Eva Laranjeira ficou marcada à partida pela mudança dos 1300 para os Turismo 3, de um Peugeot 205 Rallye para um Kia Picanto, naquele que era, à partida, um passo que piloto e equipa sabiam ser não só arrojado, mas também obrigando a uma “mudança de chip” que levaria o seu tempo. Mesmo assim, a “Dama de Aço” da MNE Sport esteve sempre na luta pelo pódio final da sua Divisão, terminando num positivo Top 4.

No início da temporada, o que esperava de 2023?

“A época de 2023 foi uma época de mudança, de adaptação e de muita resiliência. Saí de uma zona de conforto, com o Peugeot 205 Rallye para um carro completamente diferente. Foi um desafio e um passo mais na minha evolução. A frase “somos animais de hábitos” nunca me tinha feito tanto sentido. Criamos resistências, rotinas e hábitos de condução que apenas se adaptam a uma viatura e, portanto, 2023 foi a prova de que essa não é a chave para conseguirmos evoluir”.

Qual foi o maior desafio?

“No seguimento da resposta anterior, o maior desafio foi o de passar de uma classe 1300 para os Turismos 3, com tudo o que isso representa. Foi a adaptação a um carro muito mais moderno, muito mais “suave e delicado” que o 205, o Kia Picanto. É uma condução oposta à condução do carro que conduzia até ao início de 2023. O sentimento foi muitas vezes de frustração, de objetivos não alcançados, no entanto no final da época, percebi perfeitamente qual a estratégia que tínhamos adotado e a mais-valia que isso representou”.

Qual foi o melhor momento e o momento mais despontante?

“Não saliento nenhum melhor e pior, de facto a temporada foi estável e com um foco evolutivo e sem qualquer pressão de resultados, pois esse não era de todo o objetivo. Obviamente que todos que competimos queremos alcançar os melhores resultados, no entanto tinha plena noção do carro que conduzia, das suas limitações face aos outros da mesma categoria e honestamente “carregar” 960Kg com 139 cavalos montanha acima… é uma luta!”

Que balanço faz da época?

“Extremamente positiva. Por todos os motivos referidos anteriormente e por termos levado a bom porto a estratégia delineada”.

Já tem os seus planos definidos para 2024?

“Neste momento está tudo em aberto. Tentarei da melhor forma conciliar a condição profissional com a desportiva. Veremos como conseguirei agilizar estas duas realidades”.

&nbsp

MEDIA4RACE TV

Scroll To Top