Sábado , Julho 13 2024
ÚLTIMAS
Home / MONTANHA / Breves Rampa Santa Marta II
Breves Rampa Santa Marta II

Breves Rampa Santa Marta II

Spread the love

Gonçalo Janeira: “Santa Marta é uma das minhas rampas favoritas”

Ausente na Falperra, Gonçalo Janeira e o Citroen AX GTi da J. Janeira Sport preparam-se para enfrentar a edição 2024 da Rampa de Santa Marta. O piloto do Fundão chega à “Serpente do Douro” com o firme propósito de estar na luta pelos lugares cimeiros entre os Legends de Montanha.

Para trás, ficaram na retina as duas excelentes exibições que Gonçalo Janeira protagonizou na Arrábida e na Penha, sendo de assinalar que no ano em que regressou às lides do Campeonato de Portugal Legends de Montanha, encontrou o “campo de batalha” carregado de pilotos talentosos e carros competitivos, o que só realça a capacidade que o piloto do Fundão tem tido para se imiscuir na luta pelos lugares da frente.

Agora, é tempo de enfrentar neste fim-de-semana que se avizinha o serpenteante traçado da prova organizada pelo Clube Automóvel da Régua e Gonçalo Janeira confessa que “a Rampa de Santa Marta é  uma das minhas favoritas, pelo traçado, que é excelente para o AX, pela paisagem e toda a envolvência que a caracteriza, bem como pelo público entusiasta que tanto nos apoia e pela organização que tão bem nos recebe”.

O piloto tem sido sempre competitivo nesta prova e promete “estar muito focado, aproveitar bem as subidas de treinos para melhorar o AX, sendo claro que o nossos propósito é lutar pelo Top 5 nos Legends e tentar ainda vencer o Grupo Legends especial”, realçando que “a luta será muito dura e aberta, sendo claro que temos um grande naipe de pilotos nos Legends com capacidade e meios para estar na luta. Mas, vão ter de contar connosco!”.

Gonçalo Janeira: “Santa Marta é uma das minhas rampas favoritas”

Ausente na Falperra, Gonçalo Janeira e o Citroen AX GTi da J. Janeira Sport preparam-se para enfrentar a edição 2024 da Rampa de Santa Marta. O piloto do Fundão chega à “Serpente do Douro” com o firme propósito de estar na luta pelos lugares cimeiros entre os Legends de Montanha.

Para trás, ficaram na retina as duas excelentes exibições que Gonçalo Janeira protagonizou na Arrábida e na Penha, sendo de assinalar que no ano em que regressou às lides do Campeonato de Portugal Legends de Montanha, encontrou o “campo de batalha” carregado de pilotos talentosos e carros competitivos, o que só realça a capacidade que o piloto do Fundão tem tido para se imiscuir na luta pelos lugares da frente.

Agora, é tempo de enfrentar neste fim-de-semana que se avizinha o serpenteante traçado da prova organizada pelo Clube Automóvel da Régua e Gonçalo Janeira confessa que “a Rampa de Santa Marta é  uma das minhas favoritas, pelo traçado, que é excelente para o AX, pela paisagem e toda a envolvência que a caracteriza, bem como pelo público entusiasta que tanto nos apoia e pela organização que tão bem nos recebe”.

O piloto tem sido sempre competitivo nesta prova e promete “estar muito focado, aproveitar bem as subidas de treinos para melhorar o AX, sendo claro que o nossos propósito é lutar pelo Top 5 nos Legends e tentar ainda vencer o Grupo Legends especial”, realçando que “a luta será muito dura e aberta, sendo claro que temos um grande naipe de pilotos nos Legends com capacidade e meios para estar na luta. Mas, vão ter de contar connosco!”.

José Lameiro: “Santa Marta será mais uma estreia para nós, com tudo o que isso implica!”

José Lameiro chega à 9ª Rampa de Santa Marta com a motivação no máximo. O líder da Diatosta está a rubricar uma época ao mais alto nível, ocupando atualmente a 2ª posição na tabela pontual da Categoria Super Challenge do Campeonato de Portugal de Montanha JC Group. Agora, tem pela frente a sua estreia na “Serpente do Douro”, traçado desafiante onde quer dar continuidade à senda de bons resultados.

José Lameiro está cada vez mais seguro e afoito na sua abordagem às rampas e cada vez mais confiante no Skoda Fabia MKIII Super Car que tripula, sendo notório o excelente trabalho de desenvolvimento feito pela DM Motorsport no carro tcheco, percorrendo o necessário caminho de adaptação de um carro vindo do Ralicross às exigências particulares da Montanha.

No próximo fim-de-semana, o piloto da Diatosta volta a ter de se adaptar rapidamente a um traçado onde nunca correu.

“Será mais uma estreia para nós, com tudo o que isso implica!…”, realça José Lameiro, no começo da análise à sua participação na prova do Clube Automóvel da Régua, descrevendo o serpenteante percurso da Rampa de Santa Marta como “muito técnico, estreito, onde não se pode cometer qualquer erro. É uma rampa que exige muito conhecimento para ser atacada, algo que nos falta, o que se torna um handicap perante os adversários, mas que que vamos tentar ultrapassar”.

O piloto tem perfeita noção de que “terei de utilizar muito bem as subidas de treinos e para testar algumas soluções que temos pensadas para o carro. Obviamente, que vamos fazer tudo para continuar nos lugares cimeiros da nossa categoria. Entramos na segunda parte da temporada, estamos no segundo lugar do campeonato e tudo faremos para defendermos a posição e Santa Marta!”.

Luís Martins: “espero que o novo carro nos dê alegrias já em Santa Marta”

Novo carro e decoração renovada. É toda uma “cara lavada” aquela que Luís Martins vai apresentar na 9ª Rampa de Santa Marta de Penaguião, segunda aparição do piloto no Campeonato de Portugal de Montanha JC Group 2024. O piloto de São pedro do Sul está reparado para a sua estreia na ”Serpente do Douro” e quer estar na luta pelo pódio dos Turismo 3.

A aposta continua a ser num Peugeot 208 VTI R2. Mas, um diferente, adquirido em Espanha, depois de Luís Martins e a sua equipa técnica terem considerado que “sendo muita a nossa insatisfação com a menor performance do carro que utilizávamos, não nos restava outra coisa que não fosse ir em busca de uma solução melhor”.

De forma célere, foram capazes de identificar um carro em terras espanholas e, num ápice, Martins concretizou a aquisição, depois de “termos estudado o carro e percebido num pequeno teste que, mesmo sem afinações e trabalho de desenvolvimento, já nos dava mais garantias de sermos competitivos”, assumindo que “Santa Marta será o primeiro verdadeiro teste, onde poderemos trabalhar de forma profunda as afinações”.

O piloto de S. Pedro do Sul já teve o primeiro contato com o desafiante traçado duriense: “quis conhecer a rampa, embora obviamente de forma informal e aos comandos de um carro normal e respeitando as regras. Realmente, é uma rampa muito gira, curta, mas bem mais intuitiva do que o traçado de Murça, indo muito de encontro às minhas características e à minha experiência nos ralis”.

E, mesmo assumindo que o seu desconhecimento da rampa é um handicap que terá de suplantar, face a muitos adversários que já lá correram, Luís Martins assume que “queremos fazer melhor do que em Murça. Obviamente, teremos algumas cautelas, para ver como o carros e comporta, mas darei tudo nas subidas de prova para estar na luta pelos lugares de pódio da Divisão Turismo 3, mesmo sabendo que serão muito se bons os que estarão na prova com o mesmo intuito. Vai ser uma luta digna de se ver!”.

Power House enfrenta a ‘Serpente do Douro’ com Hélder Silva e Afonso Santos

A Power House está pronta para iniciar a segunda parte da época 2024 do Campeonato de Portugal de Montanha JC Group. Pela frente, a icónica Rampa de Santa Marta de Penaguião, palco exigente onde Hélder Silva quererá conquistar a quinta vitória da temporada, enquanto Afonso Santos foca na luta pelos lugares de pódio nos Protótipos B.

Dar seguimento à senda de sucesso. Eis o “mantra” da Power House para o próximo fim-de-semana. Em pleno Douro Vinhateiro, Hélder Silva e Afonso Santos vão procurar dar continuidade às excelentes épocas que os dois pilotos da Póvoa de Varzim têm vindo a protagonizar.

O tricampeão nacional absoluto em título tem estado verdadeiramente ‘intratável’, somando três vitórias consecutivas, mantendo assim uma superioridade avassaladora sobre a forte concorrência. Hélder Silva adaptou-se de maneira sublime à sua nova Osella PA21/S LRM 2000 e apresenta-se em Santa Marta de Penaguião como o grande candidato ao triunfo, o que a suceder, o colocará praticamente às portas de mais um título nacional.

Quanto a Afonso Santos, o jovem prodígio poveiro está a construir uma época de estreia na Montanha que toca as raias da perfeição. Ao dobrar da metade da época, ocupa um dos três primeiros lugares da tabela pontual dos Protótipos B, bem no meio de adversários consagrados e muito competitivos, começando a ser claro que o seu objetivo passa por assegurar um lugar no pódio no fecho da época.

Em Santa Marta, Afonso Santos volta a enfrentar o desconhecido, tendo de rapidamente aprender os segredos de uma das mais técnicas rampas do campeonato. Mas, com o apoio atilado da Power House, o ‘Lobinho da Póvoa’ tem tudo para voltar a estar ao mais alto nível.

A edição 2024 da Rampa de Santa Marta de Penaguião arrancará às 10.00 horas de sábado, com a 1ª Subida de Treinos, seguindo-a a 2ª Subida de Treinos e terminando o programa do primeiro dia com a 1ª Subida de Prova do fim-de-semana.

No domingo, derradeiro dia da rampa organizada pelo Clube Automóvel da Régua, o Warm-up de abertura tem arranque marcado para as 9.30 horas, seguindo-se a 3ª Subida de Treinos e fechando, como habitualmente, com as decisivas 2ª e 3ª Subidas de Prova, antes da cerimónia protocolar de encerramento decorrer no coração de Santa Marta de Penaguião.

&nbsp

MEDIA4RACE TV

Scroll To Top