Sábado , Julho 13 2024
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Álvaro Parente – boa evolução contrariada pela chuva
Álvaro Parente – boa evolução contrariada pela chuva

Álvaro Parente – boa evolução contrariada pela chuva

Spread the love

Álvaro Parente mostrou um forte andamento nas 12 Horas de Mugello, a primeira prova das 24H Series, mas em condições de pista muito difíceis, um dos seus colegas de equipa entrou em aquaplaning, ditando o abandono do Porsche da E2P Racing.

O português tem vindo a trabalhar com toda a equipa para que exista uma evolução consistente de toda a estrutura e isso foi bem patente ao longo de todo o evento realizado em Itália.

Na qualificação, que define a grelha de partida de acordo com a média da melhor volta de cada um dos pilotos que formam a equipa de cada um dos carros, Álvaro Parente assinou o quinto crono, o que juntamente com as marcas dos seus colegas assegurou ao Porsche 911 GT3 R (991.2) da equipa espanhola o décimo primeiro posto da grelha de partida.

Ao longo da corrida, o trio do carro da E2P Racing foi ganhando posições, tendo o português se mostrado consistentemente entre os três mais rápidos em pista, ao passo que tanto Antonio Sainero como Pablo Burguera evidenciaram um andamento muito competitivo.

Na segunda parte da prova, realizada este domingo, as condições climatéricas degradaram-se significativamente, com a chuva a molhar bastante a pista, dificultando a tarefa de todos os pilotos em acção.

A uma hora da bandeira de xadrez, Antonio Sainero, que estava a realizar uma excelente corrida, viu o Porsche a entrar em aquaplaning em plena recta da meta, nada podendo fazer para evitar o embate nos muros de protecção.

Os homens da E2P Racing eram assim obrigados a abandonar quando estavam no oitavo lugar. “Foi um desfecho frustrante! Tanto o Antonio como o Pablo estiveram muito bem e poderíamos conquistar um resultado interessante, mas as condições de pista estavam muito difíceis e o Antonio nada pôde fazer, sendo um passageiro, que o levou ao muro quando estava na recta da meta. Ele estava a fazer uma grande prova, em condições muito complicadas, e nem ele, nem toda equipa, merecia este resultado. É claro que estamos desapontados, mas o mais importante é que ele está bem”, apontou Álvaro Parente.

Apesar de um desfecho que não agradou a ninguém, o piloto português evidencia alguns aspectos que demonstram que toda a estrutura está em progressão, podendo conquistar resultados interessantes ao longo da temporada. “Foi um fim-de-semana de franco desenvolvimento. Fomos evoluindo progressivamente a afinação do Porsche e na qualificação e na corrida tínhamos já um carro muito competitivo e equilibrado. O Antonio e o Pablo progrediram muito também, mostrando-se rápidos e consistentes. Penso que poderíamos obter um bom resultado. Vamos continuar a trabalhar e, com a abordagem evidenciada em Mugello, seguramente que poderemos conquistar classificações de relevo ao longo da temporada”, concluiu Álvaro Parente.

As 12 Horas de Spa-Francorchamps serão a próxima ronda das 24H Series realizando-se entre os dias 19 e 21 de Abril.

&nbsp

MEDIA4RACE TV

Scroll To Top