Sábado , Julho 20 2024
ÚLTIMAS
Home / RALI / Akio Toyoda: “Sem som os rallys morrerão”
Akio Toyoda: “Sem som os rallys morrerão”

Akio Toyoda: “Sem som os rallys morrerão”

Spread the love

Apesar de alguns problemas surgidos com o kit híbrido da Compact Dynamics que equipam os Rally1, a FIA e o seu Diretor dos Ralis, Andrew Wheatley, já manifestaram o seu agrado pelo desenrolar da primeira época híbrida do WRC.

Visando uma substancial redução das emissões nocivas para a atmosfera, a utilização simultânea da tecnologia hibrida e do uso de combustível 100 por cento isento de fósseis nos Rally1, foi uma primeira “mensagem” emanada pela FIA para a utilização de “energias limpas” também num nos seus principais campeonatos.

Embora os atuais regulamentos híbridos devam durar até o final da temporada de 2024, os Chefes das Equipas e os Construtores oficiais do Campeonato do Mundo de Ralis estão compreensivelmente ansiosos para saberem os principais detalhes dos futuros regulamentos do WRC que entrarão em vigor em 2025.

No entanto a utilização 100% elétrica no WRC a médio e longo prazo mostra-se inexequível. Será o hidrogénio a solução? Jari-Matti Latvala e o próprio presidente da Toyota, Akio Toyoda, que utilizou um Toyota GR Yaris H2 (movido a hidrogénio) no decorrer do Rally de Ypres (Bélgica), reconhecem, no entanto, que esta tecnologia ainda não é avançada o suficiente para se adaptar aos ralis, tal como não acreditam numa regulamentação orientada para uma utilização 100 % elétrica.

Akio Toyoda “O hidrogénio é muito interessante e tem muita capacidade, mas em 2025 ainda é muito cedo para utilizar essa tecnologia. As distâncias que você pode percorrer com o hidrogénio ainda são um problema, são muito pequenas. As pessoas não vão para a floresta assistir a uma prova para ouvir um apito ou um som vindo de um altifalante. Outra coisa é nas pistas, onde pode haver toques, ultrapassagens e outros diferentes cenários. Não podemos pensar no rally como um desporto sem som. É uma coisa tão importante e significativa neste desporto. Sem som, esta disciplina morrerá. Portanto, nada foi finalizado no que respeita ao futuro regulamento. Infelizmente, isso se arrasta, como tudo parece querer se arrastar”

Jari-Matti Latvala: “Discutimos o assunto com a FIA e o Promotor e analisamos as questões. Nenhuma solução ou decisão oficial foi ainda tomada. Pessoalmente, acredito, ou pelo menos suspeito, que esta tecnologia híbrida será expandida por mais alguns anos. Acho que depois de 2024 também usaremos essa mesma tecnologia por mais alguns anos. Está começando a ficar percetível que será esse o caminho.”

Vídeo: Morizo’s hydrogen engine drive in Europe!

Link: https://www.youtube.com/watch?v=CxGj805_oHM

CARLOS DA SILVA

Photo credits @Copyrights toyotatimes

&nbsp

MEDIA4RACE TV

Scroll To Top